Eurobarómetro revela que portugueses estão mais preocupados com custo de vida, habitação e transportes do que o resto da Europa

Inquérito da Comissão Europeia revela que, em 2024, 83% dos portugueses inquiridos reportam viver em regiões com uma qualidade de vida boa ou muito boa (+1 p.p. face à UE). A satisfação com a situação económica da sua região é semelhante à dos outros cidadãos europeus (65%). Os assuntos que os portugueses consideram ser os…

Inquérito do INE revela desigualdades étnico-raciais ao nível da educação, situação perante o emprego, habitação e experiência de discriminação

Novo inquérito do INE revela desigualdades étnico-raciais ao nível da educação, situação perante o emprego, habitação e experiência de discriminação. A população adulta que, em Portugal, se identifica como cigana ou negra sofre, respetivamente, cerca de 4 e 3 vezes mais discriminação do que a população que se autoidentifica como branca, ao mesmo tempo que…

Risco de pobreza em Portugal em 2021 diminuiu para 16,4%, retomando a diminuição verificada desde 2013 e interrompida em 2020

Segundo o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento, que respeita aos rendimentos de 2021, 16,4% da população estava em risco de pobreza, retomando a tendência de diminuição que se verificava desde 2013 e interrompida em 2020, diminuindo 2 pontos percentuais (p.p.) relativamente a 2020. Ao analisar a taxa de risco de pobreza por grupos…

Falecimento de João Ferreira de Almeida

Faleceu ontem João Ferreira de Almeida, membro do conselho científico do Observatório das Desigualdades, docente, investigador e antigo presidente do Iscte (1992-2005). Desenvolveu um vasto trabalho académico e científico, sendo a sua obra uma referência basilar na sociologia das classes sociais e das desigualdades. As mais sentidas condolências à família e aos amigos. Relembramos aqui…

A pobreza de aprendizagem é expectável que aumente até 70% em países de baixo e médio rendimento…

A pobreza de aprendizagem é expectável que aumente até 70% em países de baixo e médio rendimento, como consequência da pandemia Covid-19 e do funcionamento parcial dos sistemas educativos. De acordo com o relatório mais recente do Banco Mundial The state of the global education crisis: A path to recovery, os efeitos da pandemia da…

Risco de pobreza em Portugal em 2020 aumentou para 18,4%, invertendo a tendência de diminuição verificada desde 2013

Segundo o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento, que respeita aos rendimentos de 2020, 18,4% da população estava em risco de pobreza, invertendo a tendência de diminuição que se verificava desde 2013, com mais 2,2 pontos percentuais (p.p.) relativamente a 2019. Ao analisar a taxa de risco de pobreza por grupos etários, constata-se que…

A desigualdade de rendimentos mundial acompanha níveis desiguais de emissões de carbono.

A desigualdade de rendimentos mundial acompanha níveis desiguais de emissões de carbono.    O relatório Climate Change & the global inequality of carbon emissions, 1990-2020 (Chancel, 2021) e o relatório síntese da Oxfam Carbon Inequality in 2030, Per capita consumption emissions and the 1.5ºC goal, com base na análise por parte do Instituto para a…

Risco de pobreza em Portugal em 2019 situa-se nos 16,2%, mantendo-se a tendência de diminuição

Segundo o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento, que respeita aos rendimentos de 2019, 16,2% da população estava em risco de pobreza, mantendo-se a tendência de diminuição, com menos 1 ponto percentual (p.p.) relativamente a 2018 e menos 4,2 p.p. em relação a 2003. Ao analisar a taxa de risco de pobreza por grupos…

Webdocumentário “Demasiado Novo Para Ser Velho”

Enquadrado no projecto de investigação EmployALL, “Demasiado Novo para ser Velho”é o novo webdocumentário.   O webdocumentário, realizado pela Bagabaga Studios, é inspirado no livro “A Miséria do Tempo”, dos investigadores do CIES Renato Miguel do Carmo e Maria Madalena d’Avelar. O livro faz parte de uma investigação mais vasta dedicada ao modo como esse mal-estar…

A igualdade de género tem abrandado nos anos mais recentes. Como é que os preconceitos afetam a igualdade de género? É em resposta a esta pergunta que as Nações Unidas criaram o Gender Social Norms Index.

  O Relatório do Desenvolvimento Humano (2019) reconhece que o progresso no sentido da igualdade de género tem abrandado nos anos mais recentes (ver figura 4.3 do relatório). Este facto é justificado por duas ordens de razão: primeiramente, as mulheres revelam um progresso desigual quando comparadas as capacidades básicas e avançadas adquiridas, constatando-se uma maior…